III Conferência Brasileira de Restauração Ecológica

Sessões simultâneas


1. Programação técnica e científica: sessões simultâneas

A SOBRE2020 e o I Seminário Brasileiro de Sementes Nativas abrem a possibilidade de construção conjunta da programação técnica e científica, com três sessões simultâneas em cada horário. São oportunidades para divulgar o trabalho de seu grupo de pesquisa, coletivo ou empresa. Cada sessão simultânea deverá ser proposta pelos interessados e poderá ser apresentada em forma de simpósio ou de oficina e serão analisadas pelo Comitê Técnico e Científico (CTC) do evento.

Confira abaixo a descrição desses formatos e, ao final, o link para inscrição da sua proposta.

  • Simpósio: Um simpósio é uma reunião de especialistas para trazer contribuições da sua área de atuação, com um recorte específico, proposto por um coordenador ou moderador, submetido ao CTC por meio de um resumo. O tema proposto deve ser de elevada relevância, prática ou teórica, e de amplo interesse. Desta forma, esperamos que os simpósios contribuam com inovações, críticas e sugestões para o desenvolvimento da ciência e da prática da restauração ecológica. Espera-se contribuições originais e articuladas entre si, de forma a permitir ao público vislumbrar uma síntese do tema proposto. Cabe ao moderador do simpósio organizar a sessão de forma a extrair esta síntese, podendo reservar para isso, ao final, um período para propor esta síntese, juntamente ou separadamente do tempo reservado para perguntas. Os simpósios terão duração de uma hora e trinta minutos, e sugere-se a participação de, no máximo, quatro (4) apresentações (contando-se com o proponente/moderador da sessão), de forma a ter tempo hábil para diálogo com os participantes. A divisão do tempo entre os palestrantes deverá ser de quinze (15) minutos para cada fala com, no mínimo,  trinta (30) minutos de debate ao final das apresentações. Será papel do moderador fazer o controle rigoroso do tempo de cada apresentação. Cada moderador, no momento de submissão da proposta, deve encaminhar de uma (1) a três (3) perguntas-chave relacionadas ao tema apresentado. Essas perguntas podem ser utilizadas pelo moderador no período do debate, caso não ocorra questionamentos para aquela apresentação em particular.
  • Oficina: As oficinas são voltadas a fomentar a participação da audiência por meio de debates e perguntas, em torno de um tema, que pode ser uma questão teórica específica, uma pergunta comum de ordem prática, a apresentação de uma nova técnica ou a problematização de uma técnica já em uso, ou ainda a abordagem de um tipo específico de situação de restauração. Em uma oficina, os participantes atuam de forma mais participativa, contribuindo para a construção de ideia ou produto final, que poderá ser uma síntese, carta, documento, recomendações, arranjos, materiais etc. que expressam a opinião em comum do grupo. Podem ser organizados por um único moderador/facilitador ou por divisão dos participantes em grupos menores, com tarefas específicas. O formato das apresentações ou intervenções fica a critério do proponente, mas deverá fazer parte da descrição da proposta no resumo, e será objeto de avaliação. As oficinas também terão a duração de uma hora e trinta minutos.

2. Processo de avaliação das propostas

Todas as propostas enviadas serão analisadas por dois revisores anônimos e por membros do CTC da SOBRE2020 e do I Seminário Brasileiro de Sementes Nativas. No momento da submissão o proponente deverá selecionar se a proposta é destinada às sessões comuns da SOBRE2020 ou ao I Seminário Brasileiro de Sementes Nativas. A partir da avaliação, a proposta poderá ser aceita integralmente, aceita com ajustes ou rejeitada. Todas as avaliações serão realizadas após o encerramento do prazo para submissão de propostas.

As propostas serão avaliadas a partir dos seguintes critérios:

  • Conexão com o tema do evento;
  • Relevância técnica ou científica
  • Inovação, apresentação de novas perspectivas
  • Interdisciplinaridade, incorporação de diferentes abordagens e visões; 
  • Relevância para restauração ecológica no campo ambiental, socioeconômico e cultural;
  • Aplicabilidade para profissionais da restauração em diferentes contextos;

Todas as informações referentes ao processo de avaliação e do status da proposta serão enviadas para o e-mail registrado pelo proponente após a submissão.

3. Responsabilidade dos organizadores

O proponente do simpósio ou oficina será a pessoa de contato para comunicação com o CTC, para esclarecimento de questões práticas e eventuais alterações. Desta forma, essa pessoa deve estar disponível para responder prontamente questões referentes ao simpósio ou oficina para a comissão organizadora.

Os proponentes também serão responsáveis por comunicar ao CTC cancelamentos ou outras alterações no programa do simpósio ou  da oficina. O Comitê se reserva o direito de cancelar o simpósio ou oficina, caso as alterações descaracterizem a proposta originalmente apresentada na seleção.

Os proponentes dos simpósios ou oficinas serão responsáveis por convidar os palestrantes e assegurar que todos os convidados façam a inscrição no evento até a data determinada pela Comissão Organizadora da SOBRE2020, informada no site do evento. Palestrantes que não estiverem inscritos até essa data serão excluídos do programa do evento.

Os resumos individuais de cada palestrante deverão ser submetidos pelo sistema comum de submissão de trabalhos, indicando a sessão a que se destinam, e sujeitos à avaliação do CTC. Resumos individuais não submetidos dentro do prazo estipulado pela Comissão Organizadora serão considerados desistência e, portanto, alteração da sessão, que poderá ser cancelada.

O dia e horário de cada simpósio ou oficina serão definidos pela comissão organizadora em função dos temas e da quantidade de sessões aprovadas, dentro de qualquer um dos dias e horários definidos na programação geral da SOBRE2020. A CTC comunicará a aprovação do simpósio ou oficina com a máxima brevidade, de forma a permitir a organização dos participantes, mas não promoverá nem permitirá trocas de dia ou horário. No caso de cancelamento por parte de convidados, a Comissão Organizadora poderá sugerir ao proponente a inclusão de um novo palestrante dentre os apresentadores de resumos já submetidos ao evento. 

O evento não oferecerá suporte logístico (traslado, hospedagem e alimentação) ou isenção da taxa de inscrição para as pessoas envolvidas nos simpósios ou oficinas. Ou seja, os proponentes e seus convidados serão os responsáveis pelos custos de sua participação para realização do simpósio ou oficina.

4. Guia para submissão de proposta

Formato da proposta:

  • Título do simpósio ou oficina (máximo de 20 palavras);
  • Resumo – descrição dos objetivos, tópicos que serão abordados e relevância para ciência, prática e políticas públicas (máximo 250 palavras);
  • No caso de simpósio, elaborar duas perguntas orientadoras para o debate ao final das apresentações;
  • No caso de oficina, descrever como se pretende organizar as apresentações (“dinâmica”) e qual o encaminhamento ou produto final previsto;
  • Dados do proponente – Nome, Instituição, e-mail e telefone;
  • Lista de possíveis palestrantes convidados, título das palestras.

Propostas que não seguirem esse roteiro serão rejeitadas. As propostas serão submetidas pelo formulário eletrônico disponível no site da SOBRE2020. Não serão aceitas propostas enviadas por email. Após a submissão, o proponente receberá um e-mail de confirmação, enviado pelo sistema. Em caso de não recebimento desse e-mail, o proponente deverá entrar em contato com o endereço de email do CTC informado no site da SOBRE2020. O resultado da avaliação da proposta será comunicado ao proponente, por email, de acordo com o calendário disponível no site da SOBRE2020.

5. Prazos importantes

17 de dezembro de 2019 – Abertura da submissão de propostas de simpósios e oficinas.

17 de fevereiro de 2020 – Encerramento da submissão de propostas.

17 de março de 2020 – Resultados da avaliação das propostas.

6. Link para submissão das propostas

https://forms.gle/xNGBn4j9duws4SzcA